América do Sul: uma das regiões mais atraentes do mundo

O desenvolvimento de petróleo e gás offshore da América do Sul está entrando em uma nova era devido as novas descobertas maciças e classificando o continente como um dos mais atraentes do mundo. Além disso, com a inclusão da queda dos breakevens (quando os cálculos indicam que as empresas atingiram o ponto de equilíbrio), os empreendimentos de grande escala tornam-se mais atraentes financeiramente. 

Segundo relatório recente da GlobalData, o preço de venda médio do petróleo para os 10 principais projetos de águas profundas é de US$ 50/bbl, enquanto que o da América do Sul é de US$ 40/bbl.  Também foi previsto pela empresa de análise de dados que esses projetos offshore na América do Sul produzirão 8,4 Bboe, durante sua vida útil.

No Brasil, os projetos Búzios 1 e Búzios 2 são os mais recentes, tiveram suas produções iniciadas em 2018. De acordo com a Petrobras, a P-75 foi a quarta plataforma a iniciar a produção no ano passado, após o FPSO Cidade Campos dos Goytacazes no Campo da Tartaruga Verde, a P-69 no Campo de Lula e a P-74 no Campo de Búzios.

Apesar da Bacia de Campos precisar de até US$ 8 bilhões para descomissionamento e infraestrutura, em relação às 32 plataformas envelhecidas, a empresa Wood Mackenzie sugeriu redesenvolvimento desses campos maduros, através do investimento dessa mesma quantia, estendendo ainda mais a vida e a produção do campo.

“Estimamos que o redesenvolvimento poderia adicionar 230.000 barris por dia até 2025 e adiar 60% dos custos de desativação para pós-2030”, informou a empresa.

Segundo a Petrobras, a produção de pré-sal obteve um aumento constante na Bacia de Santos desde 2010, atingindo mais de 1 milhão de barris por dia em 2016, e respondendo por mais de 50% da produção brasileira de petróleo e gás. A formação de pré-sal contém cerca de 16,4 bilhões de reservas brutas nas águas ultra profundas brasileiras.

Neste contexto, disponibilizaremos novamente nosso renomado Pavilhão Alemão na Feira Brasil Offshore, o maior evento de negócios para Operadores, Epcistas, Integradores e Fornecedores. Serão 160m² inteiramente dedicados às empresas alemães e brasileiras, a fim de promover ainda mais os negócios da sua empresa. A 10ª edição da feira acontecerá nos dias 25 a 28 de junho, na cidade de Macaé, Rio de Janeiro, proporcionando o networking entre expositores e visitantes altamente qualificados.

Entre em contato com a AHK Rio e contrate nossos serviços.

Contato: Loana Lima | Tel.: (21) 2224-2123 – Ramal 113

Fonte: Click Petróleo e Gás